O FGMF Arquitetos é premiado no 10º Prêmio AsBEA de Arquitetura

O escritório teve um projeto premiado e uma menção honrosa no 10º Prêmio AsBEA de Arquitetura

Por Redação - Atualizado em 17 fev 2020, 16h45 - Publicado em 28 nov 2018, 18h11
Marquise Modular na entrada da CASACOR SP 2015. Reprodução/CASACOR

O escritório FGMF Arquitetos, que participou da CASACOR São Paulo 2015 com a Marquise Modular, teve um projeto premiado e uma menção honrosa no 10º Prêmio AsBEA de Arquitetura, divulgado em cerimônia realizada na última segunda-feira, dia 26. O Edifício Aruá foi contemplado na categoria Edifícios e Conjuntos Residenciais modalidade Obras Concluídas e a Casa Maracujá ganhou menção na categoria Residências modalidade Não Edificadas.

O prêmio tem como objetivo reconhecer os melhores projetos arquitetônicos brasileiros, visando a valorização da criatividade e a inovação dos arquitetos do país.

Edífico Aruá Divulgação/CASACOR

O Edifício Aruá, no bairro de Perdizes, é uma espécie de quebra-cabeça de quatro edifícios com plantas e alturas diferentes, fundidos em apenas um. A união desses volumes forma uma espiral ascendente, já que cada bloco possui um pavimento mais alto do que o anterior. Esse movimento inspirou o nome do prédio, que significa caracol em Tupi. No hall de entrada, há um grande painel feito com ladrilhos hidráulicos pelo artista João Nitsche.

Casa Maracujá Divulgação/CASACOR

A Casa Maracujá, em construção em Guaratinguetá, consiste em dois elementos principais: um volume escultural de piso que contempla a maior parte do programa e um segundo elemento branco e impactante, uma grande pérgula metálica de seis metros de altura que serve de suporte para uma plantação de maracujá.

Quarenta e dois projetos entre Obras Concluídas e Projetos Não Edificados foram destacados com prêmios e menções honrosas na 10ª edição do Prêmio.

Fonte: Marqueterie – Isabella Brandileone Romariz Mata

 

Continua após a publicidade
Publicidade