Projeto de Centro de Exposições na Itália é inspirado nos Vales Alpinos

À frente do projeto, os escritórios Studio Botter e Studio Bressan investiram em madeira para uma composição mais sustentável e personalizada

Por Yeska Coelho 22 fev 2021, 08h11

Um centro de exposições localizado em uma área verde na comuna de Agordo, Itália, fora do centro da cidade cercado por uma paisagem alpina caracterizada por sinais naturais antrópicos foi o resultado do projeto do Studio Botter em parceria com o Studio Bressan.

natureza selvagem cerca o local do centro de exposicoes
Simone Bossi/CASACOR

No local, atividades recreativas como shows, espetáculos teatrais, exposições de arte e concertos podem ser esperadas.

A estrutura chama atenção por seu design moderno caracterizada por um telhado inclinado repetido que desenha um sinal através da paisagem de Norte a Sul.

telhado protetor madeira luz solar
Simone Bossi/CASACOR

A inspiração para o projeto veio de construções típicas dos vales alpinos (tabià) com o predomínio da madeira e elementos cruzados.

A escolha da madeira para o projeto teve duas razões principais: compatibilidade ambiental e harmonia com as tradições da região. Foi uma boa aposta também para trazer modernidade e aconchego para a composição.

interior paineis cruzados
Simone Bossi/CASACOR

As fachadas do complexo também chamam a atenção. Elas foram concebidas em cortinas de vidro, totalmente transparentes, de forma a permitir a contemplação da serra e todas as belezas naturais que a cercam a partir do salão principal.

fachada de vidro e madeira centro de exposicoes
Simone Bossi/CASACOR

O telhado em cantiléver sobre as paredes de vidro protege as entradas dos visitantes e a estrutura de madeira de agentes atmosféricos.

centro cultural italia
Simone Bossi/CASACOR

Ele também cria uma verdadeira barreira para a entrada do sol direto durante os dias mais quentes, ainda que permita a entrada da luz para criação de energia solar para aquecimentos nos meses de frio.

Continua após a publicidade
Publicidade