Casper Schols cria uma cabana que se abre para o mundo

Batizada ANNA, a construção permite diversos layouts graças às suas partes móveis e deslizantes

Por Redação 18 nov 2020, 14h43
Reprodução Cabin ANNA/CASACOR

A Caspar Schols projetou uma cabana que literalmente se abre para as pessoas que a habitam e para a natureza. Apelidada de cabana ANNA, esta casa de madeira dinâmica é uma plataforma aberta que permite aos usuários brincar com sua configuração, dependendo de suas necessidades ou até de seu humor.

Reprodução Cabin ANNA/CASACOR

Com duas partes deslizantes – uma de madeira e uma de vidro – os ocupantes podem fechar a cabine para criar um ambiente aconchegante ou abri-la para se conectar com o ambiente natural.

Muitas formas de habitar

 

Reprodução Cabin ANNA/CASACOR

São três configurações principais de concha: fechada; centro aberto; e centro aberto com telhado de vidro. Assim, é possível decidir sobre a quantidade de espaço que se deseja ter exposto, coberto ou apenas transparente. O projeto tem uma zona fixa que abriga a cozinha, sala de banho e sótão.

Reprodução Cabin ANNA/CASACOR

A flexibilidade da cabana não se reflete apenas em sua estrutura, mas também nos seus diferentes usos. O primeiro é a ANNA stay, adequada para uma família de quatro pessoas. O segundo é o ANNA meet, uma plataforma multifuncional que pode hospedar uma ampla variedade de atividades.

Continua após a publicidade
Reprodução Cabin ANNA/CASACOR

O terceiro é ANNA me que pode ser totalmente customizado para requisitos específicos. “Com a ANNA me, podemos adaptar a ANNA a cada desejo individual ou criar um conceito de cabana radicalmente novo para sua empresa no seu quintal, no deserto ou em um resort de férias exclusivo”, comenta o designer.

Reprodução Cabin ANNA/CASACOR

A obra é feita com lariço cultivado de forma sustentável e não tratado. No interior, foi empregada a folha de bétula, isolada com 5 cm de serragem. Para manter a cabine aquecida, pode-se instalar um fogão a lenha ou aquecimento elétrico. Já para mantê-la fresca durante o verão, longas janelas horizontais foram posicionadas sob a saliência do telhado, garantindo que apenas a luz solar indireta entre.

 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade