Capela japonesa é construída a partir de geometria fractal

O arquiteto japonês Yu Momoeda assina a Agri-chapel, uma capela gótica de madeira na cidade de Nagasaki

Por Fernanda Drumond Atualizado em 18 fev 2020, 07h43 - Publicado em 8 ago 2018, 18h06
Yousuke Harigane/CASACOR

O arquiteto japonês Yu Momoeda assina a Agri-chapel, uma capela inusitada na cidade de Nagasaki, no Japão. O local é cercado por um grande parque nacional com vista para o mar. A ideia do projeto era conectar a atividade da capela ao ambiente natural. Sua estrutura de madeira utiliza a chamada geometria fractal (que estuda objetos que quando divididos mantém exatamente o mesmo formato).

Yousuke Harigane/CASACOR

Em Nagasaki, há uma antiga capela gótica de madeira conhecida como “Ohura-Tenshudou”. Esta capela não é apenas um ponto turístico famoso, mas um lugar amado e cuidado pelos habitantes da cidade. Yu Momoeda buscou algo semelhante, uma nova capela de estilo gótico, usando o sistema japonês.

Yousuke Harigane/CASACOR

A estrutura cria uma cúpula unindo progressivamente pilares que aumentam de quantidade e diminuem de tamanho. Começando por quatro unidades de pilares de 120 mm, a segunda camada é composta por oito unidades de pilares de 90 mm, e a última camada por dezesseis unidades de pilares de 60 mm. As quatro paredes de apoio dos cantos assumem a força horizontal e a unidade interna de madeira suporta a carga do telhado de até 25 toneladas.

Yousuke Harigane/CASACOR
Publicidade