Minimalismo, meditação e natureza se unem em Refúgio de Júnior Piacesi

O loft sem excessos desponta entre uma floresta de eucaliptos e foi destaque na 25ª edição da CASACOR Minas Gerais

Por Giovanna Jarandilha 26 Maio 2020, 15h27
Jomar Bragança/CASACOR

Quando a natureza invade o interior e abraça a decoração, o ambiente se torna um Refúgio. Esse é o conceito do projeto de Júnior Piacesi para a CASACOR Minas Gerais 2019, cuja estrutura metálica desponta em meio a uma floresta de eucaliptos e estimula o contato com a natureza, os momentos de interiorização e a verdade das conexões.

Fechado por vidros, o loft de 134 m² garante uma janela para o exterior e traz a beleza natural para dentro. O marcante traço autoral de Piacesi desenha uma arquitetura contemporânea, que faz do vidro, aço, concreto, couro e seixos seus materiais essenciais. O projeto, que estreou na mostra mineira em setembro do ano passado e hoje viaja o mundo, foi concluído em apenas oito semanas.

Jomar Bragança/CASACOR

Minimalista, o interior traz um mobiliário pontual e sem excessos, baseado no conceito de slow living. Como uma resposta ao mundo cada vez mais digitalizado, o loft retoma o conforto e a leveza de um viver desacelerado. Cozinha, mesa, cama, closet, banheiro e cantinho de meditação se unem na mesma linguagem clara, marcada pelo branco. Destaque para as poltronas Carlos Motta, para a poltrona Lina, que presta homenagem a Lina Bo Bardi, e para as luminárias Flos.

Jomar Bragança/CASACOR
Jomar Bragança/CASACOR

O loft foi todo revestido por espelhos, elemento que mimetiza a construção e dá a impressão de multiplicar a floresta. Suspenso a seis metros do solo firme, o Refúgio é acessado por uma rampa, que conduz o visitante por um caminho entre as árvores.

“O projeto busca uma arquitetura moderna e acessível. O intuito foi, realmente, trazer conceito e lifestyle que abraçassem a natureza, dando luz a um universo menos digital e mais tranquilo. Um verdadeiro refúgio”, resume Piacesi.

Com seu veio na simplicidade e na contemplação da natureza, o espaço conta ainda com uma tela tensionada microclimática, material sustentável que possibilita o fechamento em curva, sem comprometer a leveza e transparência.

Jomar Bragança/CASACOR
Continua após a publicidade
Publicidade