CASACOR SP: plantas comestíveis são destaque no projeto de Roberto Riscala

Bonsais, jardins verticais e os badalados Pancs (plantas alimentícias não convencionais) compõem o Jardim das Casas

Por Nádia Sayuri Kaku Atualizado em 18 fev 2020, 07h45 - Publicado em 26 jul 2018, 17h47
Renato Navarro/CASACOR

Para ocupar os 275 m² localizados entre quatro casas, Roberto Riscala lançou mão de diversas soluções de paisagismo: há jardins verticais nas paredes, hortas, vasos com plantas aéreas, grandes árvores e vários espaços para relaxamento e contemplação da natureza. Batizado de Jardim das Casas, o projeto marca a 22ª participação do paisagista na CASACOR São Paulo 2018.

Divulgação/CASACOR

Logo na entrada, bonsais de árvores frutíferas estão dispostos em tinas de madeira: romãzeiras, pitangueiras, araçás, jabuticabeiras e castanheiras formam um pequeno pomar. Segundo o paisagista, essa é uma forma de mostrar que mesmo em espaços pequenos é possível cultivar frutas. Na parede, vasos hexagonais criam mosaicos personalizados.

Inés Antich/CASACOR

Na parte central, pedriscos aparecem no lugar na grama – o material é de mais fácil manutenção. Para compor o canto de relaxamento, além dos móveis próprios para a área externa, há uma lareira e mesas feitas de toras de madeira. Cordas iluminadas, esculturas de mármore assinadas por Bia Dória, e um cata-vento metálico completam o espaço. As grandes árvores já existiam no terreno do Jockey Club e foram preservadas.

Renato Navarro/CASACOR

As estruturas pretas de ferro são assinadas pelo próprio Riscala e funcionam como uma vitrine para o verde, ou seja, um espaço para apoiar e pendurar vasos de uma forma prática para manuseio e manutenção. O toque inusitado vem dos Pancs (plantas alimentícias não convencionais), espécies muito utilizadas na gastronomia contemporânea, como a santolina, amor-perfeito, tagete e peixinho.

Inés Antich/CASACOR

Destaque também para os acabamentos: o preto do piso e o cinza das paredes foram escolhidos para servir de pano de fundo e valorizar o verde. Nos fechamentos laterais, cobogós assinados por Zanini de Zanine.

SERVIÇO CASACOR SÃO PAULO 2018

QUANDO?

De 22 de maio e 29 de julho

Terça a sábado, das 12h às 21h

Domingo, das 12h às 20h

Continua após a publicidade

ONDE?

Jockey Club de São Paulo – Avenida Lineu de Paula Machado, 875

QUANTO?

De terça a quinta-feira:

Ingresso inteiro: R$ 60

Meia entrada: R$ 30

De sexta a domingo e feriados: 

Ingresso inteiro: R$ 76

Meia entrada: R$ 38

Passaporte Único: R$ 180

Valet: R$ 35

Continua após a publicidade
Publicidade