Grafite ocupa parede com 12 m² na CASACOR Campinas 2016

Estampado no ambiente da dupla de arquitetos Daniele Guardini e Adriano Stancati, na Casa Tropicália, o grafite de Biel Siqueira dá vida e cor ao espaço

Por Alex Alcantara Atualizado em 17 Maio 2017, 16h07 - Publicado em 1 abr 2016, 19h12

thumb-grafite-arrumada-casacorcampinas2016

“Meu trabalho hoje é um braço da arquitetura e do design de interiores. Chega para complementar, se adaptando à arquitetura existente”, comenta Biel Siqueira, arquiteto por formação, mas que se rendeu à arte do grafite e hoje é campineiro. O seu trabalho pode ser visto na CASA COR Campinas 2016, no ambiente da dupla de arquitetos Daniele Guardini e Adriano Stancati, na Casa Tropicália.

O grafite foi feito em aproximadamente quatro horas e a ideia era criar uma arte que fluísse na parede com a subida do elevador panorâmico, logo ao lado do desenho, que ocupa 12 m². “Trabalhei para deixar ele mais preenchido na base e ficando mais leve assim que chega ao segundo piso da mostra”, explica o artista.

Biel já pintou na Bolívia, em Amsterdam, Milão e Paris. Bruxelas e Canadá ainda estão na lista a ser confirmada para os próximos meses. “Levar o grafite para mostras de decoração é sempre muito gratificante e, além disso, acabo reencontrando colegas da arquitetura, pessoas que estudaram comigo. Então é uma troca muito positiva”, conclui.

Continua após a publicidade
Publicidade