Decoração criativa e tons de cinza compõem espaço na CASACOR Goiás

Peças exclusivas complementam o desejo do espaço de convidar o visitante à conhecer novas perspectivas

Por Giovanna Jarandilha - Atualizado em 17 fev 2020, 16h37 - Publicado em 15 Maio 2019, 19h00

Leo Romano já tem carteirinha de sócio da CASACOR Goiás: o arquiteto é o único a ter participado de todas as edições da mostra, desde a primeira edição em 1997. Mesmo assim, ele retorna em 2019 com a proposta de se renovar em um ambiente criativo e artístico.

Jomar Bragança/CASACOR

A Casa da Girafa/Cinex revela o preto como cor predominante. Variadas tonalidades de cinza compõem os mobiliário, assinado por Oscar Niemeyer, Oswaldo Tenório e Jorge Zalszupin, conferindo um aspecto sóbrio e maduro. A escolha pelo neutro assegura que as peças decorativas mais ousadas de Leo possam ser sobressaltadas.

Jomar Bragança/CASACOR

Porcelanas decoradas foram posicionadas no centro da sala, integrando uma seleção de objetos criativos que quebram a seriedade das cores. Em contribuição ao desejo de convidar o visitante a conhecer novas perspectivas, dois skates com pinturas complementares dão um colorido inesperado à pilastra, dividindo o espaço em sala e quarto.

Jomar Bragança

O cinza também aparece em peso na suíte extravagante, que aposta em padrões estampados para acrescentar mais uma camada de complexidade à casa. A transparência é uma característica marcante do espaço, aparecendo em portas de vidro e no closet modulado.

Jomar Bragança/CASACOR

Na outra extremidade do ambiente está a cozinha, que encerra no estilo industrial os ambientes integrados da casa. Todas as peças foram selecionadas com o objetivo de reforçar o aspecto transformador da arte, apostando na estética como o caminho para a felicidade e no caráter onírico para representar uma realidade melhor.

Continua após a publicidade
Publicidade