Cobogós levam luz natural e poesia aos espaços da CASACOR RS

Criado em 1920 por um português, um alemão e um brasileiro, este elemento arquitetônico desperta fascínio nos amantes do design e da decoração

Por Victor Lessa 16 ago 2017, 18h50

Elemento muito conhecido na arquitetura moderna e nos lares brasileiros, o cobogó foi criado pelo português Amadeu Oliveira Coimbra, o alemão Ernesto August Boeckmann e o brasileiro Antônio de Góis. Reparem que as iniciais do último sobrenome de cada um inspiraram a criação do nome deste elemento vazado que decora e, ao mesmo tempo, leva poesia aos espaços. Isso porque, ao filtrar a luz natural, os cobogós desenham formas distintas nos pisos e paredes, de acordo com a hora do dia e a posição do sol.

De 1920, quando foi criado em Recife pelos arquitetos supracitados, para agora, o item tem sido usado de forma criativa (e muito funcional, claro) nos mais diversos projetos. Na CASACOR Rio Grande do Sul 2017, por exemplo, ele aparece nos interiores de alguns espaços, dizendo sutilmente a que veio e emprestando toda a sua brasilidade com muita bossa. Confira a seguir!

SERVIÇO CASACOR RIO GRANDE DO SUL 2017

QUANDO?

De 4 de julho a 27 de agosto de 2017

ONDE?

Petrópole Tênis Clube – R. Faria Santos, 451 – Petrópolis, Porto Alegre – RS

Continua após a publicidade

QUANTO?

Terça a Sexta-feira: Meia R$20 | Inteira R$40

Sábado, Domingo e Feriado: Meia R$22 | Inteira R$44

Passaporte: R$120

Compre online o seu ingresso clicando aqui!

 

Continua após a publicidade
Publicidade