Ancestral e imagético, Siré (Xirê) recebe os visitantes da CASACOR MG 2021

Projeto de Gustavo Grecco, o ambiente de entrada da CASACOR Minas era cercado por cobogós com símbolos que representavam orixás

Por Redação Atualizado em 10 mar 2022, 10h03 - Publicado em 10 mar 2022, 11h00

Siré (Xirê) Gustavo GrecCASACOR Minas Gerais 2021 muros de cobogós jardim paisagismo orixa ioruba

O espaço que ficava logo na entrada da CASACOR Minas Gerais era um percurso singular, imagético e que permitiu experiências particulares a todos que passaram por ele. O nome – Siré ou Xirê – é uma palavra proveniente do iorubá, que significa roda ou dança utilizada para evocação dos orixás conforme cada nação.

Siré (Xirê) Gustavo GrecCASACOR Minas Gerais 2021 muros de cobogós jardim paisagismo orixa ioruba

Simples, sem interferência de cor, o projeto de Gustavo Greco trazia a madeira tanto no piso como nos cobogós que o ladeavam. Aqui, o material representava o desafio de retomar os laços ancestrais, essenciais à identidade. Feitas de mogno africano, as peças exibiam símbolos que representavam os orixás.

Siré (Xirê) Gustavo GrecCASACOR Minas Gerais 2021 muros de cobogós jardim paisagismo orixa ioruba

Para saber mais, acesse o Tour 3D do ambiente.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade