Artboard Created with Sketch.

Ambientes da CASA COR PR investem na fibra ótica como iluminação

A tecnologia permite que os profissionais utilizem sua criatividade para criarem espaços mais charmosos e sofisticados!

Os profissionais que participam da CASA COR buscam, constantemente, o novo, o moderno, o tecnológico, sem perder a preocupação estética. Por isso alguns deles, na CASA COR Paraná 2016 apostaram em uma tecnologia que aprimora a iluminação e dá possibilidades mil de uso: a fibra ótica.

Resumindo e explicando sucintamente, a fibra ótica é um filamento flexível que contém uma única lâmpada ou LED na fonte que ramifica e conduz a luz até a extremidade que será iluminada. Esse é o conceito e definição.

Com essa versatilidade, a fibra promove diversos efeitos de iluminação e possibilidade de usos, podendo ser direcionada, indireta, difusa e uniforme, usada em superfícies verticais, horizontais e inclinadas. Assim, os profissionais têm uma liberdade e criatividade maior nos seus projetos. “O material pode ser usado em iluminação aquática; efeitos estrelados, com aplicações de pontos em forros, painéis; cristais com terminais, em que dependendo do tipo de lapidação do cristal, formam-se efeitos diferenciados nas superfícies; balizamento de escadas, caminhos, decks; iluminação paisagística; iluminação de destaque, como em museus para destacar obras; e luminárias, em que são criados lustres de fibra ótica”, detalha Vanessa Giacometti, designer de interiores, lighting designer e proprietária da SPOT Lighting Iluminação

2016©NenadRadovanovic-VolpiArquiteturaCasaCor-0094-Editar

A SPOT Lighting Iluminação é a empresa que leva essa tecnologia para dois ambientes da mostra paranaense. Um deles é o Lounge Link, assinado por Clarice Volpi e Simone Volpi Zoller. O espaço tem fibra ótica por toda parte, redesenhando com iluminação o local. Com utilização da linha Sidelight, as profissionais formaram raios no teto sobre o painel dando a impressão de infravermelho. O lustre também possui fibra ótica com cristais.

Pet-In-Container---Maurete-Schumacher-e-Joselia-Pereira---Fotos-Fernando-Zequinão-(24)

No Pet In Container, da designer Maurete Schumacher e da arquiteta Josélia Pereira, foi usada a fibra ótica em forma de vagalumes espalhados pelo jardim, para dar um charme ao espaço externo.

Além das possibilidades de uso, a tecnologia destaca-se pela eficiência energética – já que o consumo elétrico para produzir boa quantidade de lúmens é bastante baixo – e também pela fácil manutenção, que normalmente resume-se à troca de apenas uma lâmpada.

SERVIÇO CASA COR PARANÁ 2016

QUANDO? 21 de junho a 31 de julho de 2016

Terça a sexta – das 15h às 21h

Sábado – das 13h às 21h

Domingo – das 13h às 19h

ONDE? Prédio histórico da Editora Grupo Paulo Pimentel -Rua João Tschannerl, 880 – Vista Alegre.

QUANTO? R$ 44 (Inteiro) | R$ 22 (meia)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.